Notìcias Notícias Monjas, Notícias
24 junho 2021

75º aniversário da fundação do Carmelo de Lipa (Escrito pelas Irmãs de Lipa)

Fundado a 31 de maio de 1946, o nosso Carmelo celebra este ano o seu Jubileu de Diamante de fundação: 75 anos de presença contemplativa na Arquidiocese de Lipa (Batangas, Filipinas). É para nós uma graça muito especial que o nosso fundador tenha sido Monsenhor Alfredo Verzosa e o seu bispo auxiliar seja o Monsenhor Alfredo Maria Obviar: ambos são hoje Servos de Deus e avançam juntos em direcção à beatificação.  Monsenhor Versoza escreveu à Madre Teresa de Jesus: “agradeço-lhe do fundo do meu coração, minha querida Madre, pelo vosso trabalho na minha diocese e por ter fundado o nosso amado Carmelo de Lipa, a luz dos meus olhos e o repouso do meu coração”.

Quem é que teria pensado em fundar um Carmelo em 1946, quando Lipa era uma das regiões mais devastadas por uma guerra que acabara de terminar menos de um ano antes? Foi necessária a fé inabalável de santos escondidos. As fundadoras do Carmelo em Manila foram: Madre Teresa de Jesus, Irmã Mary-Cecilia de Jesus, Irmã Mary de São José, Irmã Mary-Anne de Jesus, Irmã Alfonsina de Maria, Irmã Mary-Elizabeth do Sagrado Coração e Irmã Cármen do Bom Pastor. O carisma do nosso Carmelo é o amor misericordioso de Deus.  É com um coração profundamente grato que agradecemos a Deus por estes 75 anos de presença carmelita em Lipa. O desenvolvimento do nosso mosteiro testemunha o amor e o serviço fiel à nossa Santa Mãe Igreja, através do dom das nossas vidas para as almas, e especialmente para os Sacerdotes. Neste momento somos 22 religiosas, com jovens vocações prometedoras.

Em conclusão, gostaríamos de recordar as palavras escritas pela Madre Mary-Cecilia de Jesus, a nossa fundadora, em 1970: “O Carmelo de Lipa é o Carmelo do Amor Misericordioso de Deus. Os anos que passaram foram o desdobrar do mistério de Deus, da condescendência do Amor e da Misericórdia… Sim, Deus é o Mestre da história. Luz e sombra revelam a sua glória. Ele tem aqui as almas com espirito de infância espiritual cuja debilidade fará com que o seu poder se manifeste. Procuramos alcançar o objectivo. Com os corações cheios de confiança, levantamos os olhos para a nossa Santa Madre Teresa, para que ela renove em nós o seu duplo espírito, para que, como ela, sejamos filhas corajosas, generosas e verdadeiras da Igreja”.