Falecimento do escultor Venancio Blanco

Falecimento do escultor Venancio Blanco

É muito provável que o nome desse artista não signifique grande coisa para muitas pessoas. No entanto, pouquíssimos serão os carmelitas descalços que não tenham visto (ao menos em fotografia) algumas das esculturas dedicadas por Venancio Blanco a Santa Teresa de Jesus. Nascido em Salamanca em 1923, dedicou grande parte de sua obra à Santa, “à qual admirava, desenhava, esculpia e, como ele mesmo reconhecia, falava”. Em 21 de outubro de 2016 doou, em ato público, sua última obra teresiana ao museu das carmelitas descalças de Alba de Tormes: uma escultura de Santa Teresa de Jesus, intitulada Ya es tiempo de caminar. Em tal ato esteve presente o Padre Provincial da Província Ibérica dos Carmelitas Descalços – Miguel Márquez –, junto com a comunidade das monjas carmelitas descalças.

Blanco dialogava com Teresa também “através do desenho. A exposição Desayunando con el dibujo, que aconteceu na igreja de São Tiago, em Alba de Tormes, no mês de março de 2017, reuniu uma seleção de 40 guardanapos de papel com desenhos do artista, entre os quais destacavam-se aqueles relacionados com Santa Teresa de Jesus e São João da Cruz. Esses desenhos eram fruto do diálogo do artista com Teresa de Jesus, a manifestação da fusão de literatura e pintura, desenhos que brotam do coração e dos sonhos”.

Venancio Blanco faleceu em Madri no último dia 22 de fevereiro. Descanse em paz.

©Roberto Jiménez (textos entre aspas).

©http://salamancartvaldia.es (fotos).