Estudo da Declaração Carismática

Estudo da Declaração Carismática

Como foi informado na Carta do Definitório de setembro (11/09/2019), o Definitório Geral, dentro do contexto do processo de releitura de nossas leis, iniciado após o Capítulo de Ávila (2015) e tendo em conta o que foi aprovado pelo Definitório Extraordinário de Goa (2019), preparou um primeiro esboço de Declaração Carismática, que recolhe as propostas realizadas por todas as circunscrições da Ordem durante a primeira fase do processo: a releitura de nossas Constituições.

O primeiro passo para a melhora do referido esboço está sendo a releitura e estudo deste por grupos de religiosos entre 30 e 45 anos – como já se indicava na Carta citada acima – de todas as circunscrições, reunidos por áreas geográficas.

As primeiras jornadas de estudo aconteceram na América Latina – concretamente em Villa de Leyva (Colômbia) –, onde se reuniram 25 religiosos da América Latina e do Caribe, acompanhados pelos definidores gerais Agustí Borrell e Javier Mena.

De acordo com os participantes, o encontro realizou-se em um ambiente orante, fraterno e de trabalho, o qual ajudou no bom andamento das atividades. O trabalho foi concluído com uma boa avaliação da Declaração Carismática e um compromisso sério de todos os participantes de compartilhar em suas circunscrições os frutos do referido trabalho.