Regresso dos Carmelitas Descalços a Kaunas (Lituánia)

Regresso dos Carmelitas Descalços a Kaunas (Lituánia)

No domingo 30 de julho do presente ano, a Província de Varsóvia de Carmelitas Descalços restaurou, depois de 172 anos, a presença do Carmelo teresiano em Lituánia. Neste dia, durante a missa solene celebrada na igreja da Santa Cruz, o nosso irmão lituano P. Valdas Paura, tomou posse da paróquia ubicada na referida igreja, no centro da cidade de Kaunas. Juntamente com ele, estará o P. Emilian Bojko, que foi missionário no Burundi e colaborou também com a Delegação geral de Argentina.

A cerimónia foi presidida pelo Decano de Kaunas, D. Vytautas Grigaravičius e nela participaram numerosos sacerdotes, como o pároco cessante, D. Renaldas Šumbrauskis. A Província carmelita de Varsóvia esteve representada pelo P. Provincial, Jan Piotr Malicki e dois Conselheiros provinciais, os padres Gregório A. Malec e Robert Marciniak.

Vytautas recordou na homilia a importância histórica do acontecimento –dada a profunda relação do Carmelo teresiano com Lituánia-, em que se restaurava uma presença que data desde 1770 (até 1845 os carmelitas residiam na igreja agora recuperada) e que foi interrompida após a ocupação soviética do país, em 1946. Os irmãos presentes na Lituánia unem-se assim às Carmelitas descalças de Paštuva e às comunidades da OCDS presentes em Kaunas e Vilnius

– Robert M. Marciniak, OCD