Andrea Riccardi visita o mosteiro de Pescara

Andrea Riccardi visita o mosteiro de Pescara

No dia 28 de maio o fundador da Comunidade Santo Egídio visitou a comunidade de monjas carmelitas descalças de Pescara, na Itália.

A comunidade nasceu em Roma, precisamente no antigo mosteiro que as Irmãs ocupavam no famoso Trastevere, que tinha como título “Santa Maria do Monte Carmelo e Santo Egídio”. Fundado em 1610, as monjas o abandonaram em 1972 e um jovem estudante cristão, Andrea Riccardi, tomou a cargo, junto com alguns companheiros, do imóvel, para nele começar uma experiência de fraternidade, oração e serviço aos mais pobres das periferias romanas. Em 1973 essa comunidade passou a chamar-se “Comunidade de Santo Egídio”, assumindo o nome do mosteiro carmelita.

Por ocasião do lançamento de um livro seu – com o sugestivo título Tudo pode mudar – na cidade do Adriático, o “jovem” Riccardi quis visitar as carmelitas e deixar-lhes um precioso testemunho: “Uma lembrança afetuosa nas raízes comuns na terra e na oração em Santo Egídio de Trastevere: paz a todas vocês e que Deus as proteja. Desejo-lhes todo o bem e peço-lhes que sua oração proteja a mim e a nós de todo o mal. Com amizade e fraternidade egidiana. Andrea Riccardi”.