13ª Assembleia Geral da Associação de mosteiros das monjas carmelitas descalças nas Filipinas

13ª Assembleia Geral da Associação de mosteiros das monjas carmelitas descalças nas Filipinas

Pela primeira vez depois que a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica publicou a instrução Cor Orans, as monjas carmelitas descalças associadas das Filipinas reuniram-se em Assembleia Geral. Alguns detalhes da instrução fizeram com que não fosse somente uma simples Assembleia ordinária.

Acompanhadas pelo Padre Rafal Wilkowski, secretário do Geral para as monjas, as Irmãs abordaram as mudanças que o novo documento supõe para sua vida. Padre Rafal explicou, à luz do Direito Canônico e das Constituições das monjas, as novidades que a Cor Orans traz consigo e ajudou as Irmãs a propor os passos a ser dados como Associação em vista de tais novidades. Por exemplo, deverá efetuar-se uma renovação dos estatutos.

Essa foi a primeira Assembleia Geral para o Carmelo do Imaculado Coração de Maria, em Kuching (East Sarawak/Malásia), desde sua incorporação à Associação, no último dia 16 de maio. A Assembleia expressou seu desejo de que a Associação cresça como estrutura de comunhão, superando barreiras idiomáticas ou de outra espécie, com a finalidade de que todas as Irmãs enfrentem juntas os desafios da atualidade e preparem o caminho para as carmelitas que estão por vir.

Diante dos desafios e temores que puderem apresentar-se, as monjas reunidas expressaram sua determinação em seguir os passos de Teresa de Jesus, verdadeira “filha da Igreja”.